Serra de fita: os principais problemas na hora do corte

Essa notícia não é das mais recentes, mas vale a pena ser compartilhada!

 

Por Anna Martin

 

Serras de fita são máquinas versáteis, ideais para realizar diferentes tipos de corte, nos mais variados materiais, desde metal, até madeira, passando por alumínio, polímeros, ligas ferrosas e não-ferrosas. Essas máquinas são compostas pela rotação de dois volantes que giram continuamente uma lâmina com dentes, responsável pelo corte de materiais, a serra de fita. Aparentemente simples, as serras são na verdade instrumentos complexos que, quando utilizados de forma incorreta, podem causar prejuízos enormes ao processo.

 

Os principais problemas causados pelas máquinas de serra de fita são divididos em quatro grandes grupos: quebra ou trincas nos dentes da serra de fita, desvio de corte, desgaste excessivo ou quebra da lâmina. E o que fazer para resolvê-los? Primeiro, é preciso descobrir as causas. Após extensa pesquisa para desenvolvimento de novas tecnologias em serras, percebemos que a negligência, técnicas inapropriadas e a falta de mão-de-obra qualificada são as principais fontes de danos às serras de fita e máquinas de corte.

 

Para ser mais específico, os principais problemas identificados no manuseio da serra e da máquina são: processos de amaciamento inapropriado, velocidade de corte inapropriadas para o tipo de material a ser cortado, baixo índice de avanço, onde o dente “esfrega” no material em vez de penetrar corretamente, uso inadequado do fluído de corte, que pode ser insuficiente ou ter uma mistura ou aplicação indevida, e, finalmente, a falta da escova limpa-cavacos.

 

As falhas citadas acima não abrangem todos os problemas possíveis encontrados em um processo de corte, onde todos podem gerar problemas na máquina. Uma velocidade de corte muito lenta pode causar a quebra do dente ou desgaste nas gargantas menores, quando muito rápida gera dano nas pontas e cantos dos dentes, podendo lascá-los ou quebrá-los, devido ao excesso de atrito. Outro erro é a negligência no processo de amaciamento, principalmente se feito de maneira incorreta ou insuficiente.

 

O mau uso do fluído de corte pode causar problemas aos dentes, além de dificuldades relacionadas ao cavaco, que podem incrustar na ponta dos dentes ou preencher as gargantas. Mas não se engane, esses problemas com o cavaco podem ser gerados também por um avanço excessivo. Para os leigos no assunto, o avanço nada mais é do que o fator de penetração dos dentes, ou, basicamente, a velocidade de descida da serra sobre o material, que pode ser medida em mm/min (milímetros por minuto).

 

A quebra da lâmina é outra dificuldade enfrentada por usuários de serras, a fratura pode ser causada por vários motivos: braços-guia abertos em sua capacidade máxima, pressão excessiva nas guias superiores, guias laterais muito apertadas, entre outros. Observe que a quebra da lâmina é causada, principalmente, por excessos no ajuste das guias. Por isso, toda atenção é pouca na hora de acertar os braços-guia, as guias laterais e superiores.

 

Vale lembrar que guias são componentes da máquina que geram tanto dúvidas quanto problemas. Quando manuseadas de forma imprópria, podem causar desgaste irregular ou estrias em ambos os lados da lâmina. Por isso, procure prestar atenção se as guias estão lascadas, desgastadas, quebradas ou muito apertadas.

 

Muitos já devem ter identificado tais observações com a prática, mas o principal segredo é usar as serras de forma correta, ou seja, sem excessos ou lentidões, de tensão ou de velocidade, por exemplo. Também é importante seguir as instruções que vêm junto com o produto e usar serras de qualidade, produzidas com materiais de primeira linha. Além disso, procure por fornecedores que forneçam garantia de uso e assistência técnica especializada. Esses itens são fundamentais principalmente na hora do imprevisto, se colocar na ponta do lápis, eles oferecem uma excelente relação custo benefício.

 

Retirada de: Revista Usinagem Brasil

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Comunicado - Recesso de final de ano!

November 20, 2018

1/5
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo